sobre o tempo

 
Um ano. O tempo, sabemos, é relativo. Um ano de vida é pouco. Um ano preso é muito. Ontem fez um ano. Não tinha certeza  de que chegaria a tanto, somente esperança. Te vi sem emoção em relação a isso, não pude compartilhar minha felicidade. Não posso te condenar. Você já teve tantos aniversários de 1 ano com tantos outros, que tenho que concondar que isso já não te faz mais muito sentido. Sem problema, comemorei sozinho. Vou sonhar com o aniversário de 2 anos.
 
 
Anúncios
por jardim Postado em Sem categoria Com a tag

Um comentário em “sobre o tempo

  1. Quem lê isso aqui deve morrer de pena de vc, não é mesmo?Que bom que vc reconhece que comemorei tantos aniversários de 1 ano com tanto outros.Experiência nova pra vc, ter uma mulher assim não? Afinal, das mulheres que vc teve quantas delas puderam comemorar 1 ano de relacionamento com seus machos? E com vc mesmo, alguma delas conseguiu passar mais do que uma noite? Escrevendo coisinhas tão românticas e carinhosas, como tem escrito, que tipo de emoção espera?Beijocas meu amor

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s