assim caminhamos

pessoas são pessoas. nada mais que isto.com seus anseios, receios, desejos. conviver com pessoas é sempre um teste, um desafio. mais fácil lidar com bichos. ou gostam ou não gostam de vc. e se não gostam é possível conquistá-los com comida e carinho. na pior das hipóteses te toleram. o convívio com pessoas é parecido com transitar num labirinto, cada curva uma novidade, uma surpresa. uma palavra, um gesto um silencio podem se transformar em uma agressão, um delito culposo. é mais fácil conviver com quem se odeia do que com que se ama. um gesto em falso e pode-se tocar na ferida do outro. um olhar e pode-se atingir aquele ponto nevrálgico do ser que tanto incomoda. palavras podem cortar como navalha. neste século com suas urgentes demandas dividir um teto e as contas chega a ser uma utopia. o ser humano do século xxi tem no seu individualismo seu mais alto valor. nao o sol mas o eu é o centro do sistema solar. a observância às próprias manias são uma clausula pétrea. aprendemos a ser donos da verdade e que existe somente uma verdade: a nossa. somente a subserviência do outro é tolerada. mas ninguém pode ser subserviente, pior que isso: ninguém pode ceder, ninguém pode admitir que errou. não pega bem. desculpas não são suficientes. uma vaidade ofendida necessita de sacrifícios e imolaçoes. somente uma redençao pública é capaz de aplacar a raivinha de um ego ultrajado, evento que para qq criança nao dura mais q 24 horas. se para ser adulto é preciso ser pequeno, eu prefiro a neverland. 


Anúncios
por jardim Postado em Sem categoria Com a tag

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s