Mulheres – 3ª parte : A mulher de 35

aos 30 está para sempre perdido aquele jeitinho de ninfeta. mas também perdeu-se a insegurança, a grande maioria já sabe o que quer da vida, de si mesma e de seu homem. dos 20 restam saudades. e a certeza que uma era acabou. a gravidade começa a dar sinal de sua existência embora ainda não comprometa o conjunto da obra.

30 anos é uma idade limite: para ter filho, para casar, para ter um emprego estável, é quando não dá mais para jogar. a vida, mais do que nunca passa a ser real.  a mulher se conhece melhor e tem uma relação mais amigável com seu clitóris. já não briga mais com o seu corpo, mas sabe que ele nao é mais o que era. às vezes se pergunta: "o que eu estou fazendo da minha vida?" é quando acontece a primeira auto-avaliação, a crise dos 30. não é fácil se tornar uma balzaquiana. é a idade em que é preciso estar encaminhada na vida, em todos os sentidos.

algumas ainda estão solteiras e sem filhos porque priorizaram os estudos e a carreira. o rótulo de “encalhada” incomoda. não dá mais pra comer o que se tem vontade, a balança e o espelho se tornam inimigos implacáveis. para as que estão sós, o maior desejo é ter um homem ao seu lado. as amigas já estão casadas e a solteira passa a se sentir sozinha porque perde as companheiras de balada. mas se a carreira foi trocada por um casamento vai se culpar por tudo o que  deixou de fazer e que não construiu, especialmente se o casamento terminar. quanto mais a idade mais exigente ela se torna com os homens caso ainda nao tenha encontrado um. e mais difícil se torna encontrar alguém à sua altura.

Anúncios
por jardim Postado em Sem categoria Com a tag

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s