e os hipopótamos foram cozidos em seus tanques

o astro de hoje é lucien carr (1925-2005)

já escrevi aki alguma coisa sobre os beatniks. pros que estão chegando agora foram eles, em meio à prosperidade econômica dos eua da década de 50, a contracorrente do otimismo delirante da classe média. foram a primeira manifestação da crise de valores na américa do pós-guerra, e também  o primeiro movimento de contra-cultura, uma geração antes dos hippies, que levaram a fama de pioneiros da porra-louquice.

em 1944, lucien carr, que vivia sendo assediado por david kammerer ( kammerer era instrutor de escotismo, onde conhecera lucien alguns anos antes) , enfiou um canivete de escoteiro no sujeito. depois do crime, lucien desovou o corpo no rio hudson, para isso contando com a prestimosa ajuda de seu amigo jack kerouac, que entrou de gaiato na história.

lucien foi em cana mas seu pai pagou a fiança e ele pode responder ao processo em liberdade. com kerouac foi mais complicado, como seus pais não tinham grana pra fiança, ele teve que fazer um acordo com edie parker, a puta que namorava, para se livrar. ela pagou sua fiança sob a condição que ele se casasse com ela. não precisa dizer que o casamento foi anulado alguns meses depois.

lucien carr, como era de boa família, pegou 2 anos de cadeia por homicídio doloso e ocultação de cadáver, kerouac foi  inocentado. lucien saiu da cadeia direto pra um emprego na united press internacional, arrumado por seu pai, onde fez carreira e chegou a editor-chefe.

kerouac também fez carreira como escritor.

o crime gerou um romance escrito a 4 mãos por kerouac e william burroughs, em 1945: “e os hipopótamos foram cozidos em seus tanques”. o título é uma alusão a uma notícia sobre um incêndio no zoológico de saint louis, ocorrido na época. no romance, burroughs escreve os capítulos ímpares e kerouac os pares.

conta a lenda que depois do crime lucien carr deixou crescer o bigode para não ficar tão bonito e  não  atrair nenhum outro gay.

o livro ficou guardado até o ano passado, quando foi publicado nos eua- um acordo garantia que o manuscrito somente viesse a público depois que lucien carr morresse, o que aconteceu em 2005.

 

Anúncios
por jardim Postado em Sem categoria Com a tag

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s