enquanto espero

as ruas pesam. a atmosfera pesa. a chuva pesa. vejo a massa de pessoas nos transportes de massa e seus olhares foscos em busca de alguma coisa que eles mesmos desconhecem. por que somos do jeito que somos? o fim da estrada é simplesmente o fim.
 
Anúncios
por jardim Postado em Sem categoria Com a tag

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s