sincronicidade

o mundo me intriga, e não posso imaginar que este relógio exista e não haja relojoeiro”. voltaire (1694 — 1778)

segundo carl jung (1875-1961) tudo no universo estava interligado por um tipo de vibração, e que duas dimensões (física e não física) estavam em algum tipo de sincronia, que fazia certos eventos isolados parecerem repetidos, em perspectivas diferentes. a isto chamou sincronicidade. segundo esta teoria, muitos acontecimentos, aparentemente casuais, escondem uma mensagem. a sincronicidade se propõe a nos fazer aceitar que nem tudo é determinado pela vontade própria, que não dominamos os mecanismos da vida ou do universo, especialmente aqueles que o nosso inconsciente gosta de manipular. nessas ocorrências se evidenciam uma espécie de regra do jogo do acaso, que escapa à nossa compreensão.

com a hipótese da sincronicidade, jung tenta compreender manifestações paranormais em sentido estrito. nas reflexões de jung se se concebe um espaço intermediário, nem psíquico, nem físico, pode-se conceber os fenômenos de sincronicidade como uma participação do espiritual e da realidade exterior nos acontecimentos desse mundo intermediário. as postulações junguianas, se baseiam na premissa de que os conteúdos da mente inconsciente podem se comunicar com o mundo físico.

a tempo é um fluxo por onde passam criações, criaturas mas não o criador. interagimos com outras realidades ignoradas e desconhecidas. se nossa mente faz parte do mundo quântico (e como negar isso?) pode ser explicada pelas mesmas leis da mecânica quântica.

coincidências acontecem em toda parte com todos. na ignorancia espírita nada ocorre por acaso, porém a física quântica nos mostra exatamente o oposto: tudo acontece por acaso .  as coincidências fazem parte de um fenômeno universal, cujas entranhas guardam os segredos da própria funcionalidade do cosmo: o fenômeno da sincronia (se é que ela existe).

seriam as coincidências uma conspiração de improbabilidades?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s