nostalgia

entre um rosto e um retrato
o real e o abstrato
entre a loucura e a lucidez
entre o uniforme e a nudez
entre o fim do mundo e o fim do mês
entre a verdade e o rock inglês
entre os outros e vocês
entre mortos e feridos
entre gritos e gemidos
a mentira e a verdade
a solidão e a cidade
entre um copo e outro
da mesma bebida
entre tantos corpos
com a mesma ferida
entre americanos e soviéticos
gregos e troianos
entra ano e sai ano
sempre os mesmos planos
entre a minha boca e a tua
há tanto tempo há tantos planos
mas eu nunca sei pra onde vamos

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s