felizes para sempre

algumas pessoas não têm a quem oferecer ou de quem receber flores, a quem fazer declarações de amor. e interpretam isto como uma tragédia. o conceito de amor é uma ilusão, útil somente se com fins comerciais. a mídia sobrevive disso.

a mídia nos convenceu que quem não tem um namorado, marido ou amante não pode ser feliz. mocinhas (e nem tão mocinhas) procuram príncipes encantados, idealizam-no, embarcam num relacionamento, procuram as características desse par perfeito no seu parceiro e quebram a cara. o amor é produto da ficção, dos contos de fada, dos filmes de hollywood, da literatura. é a paixão de tirar o fôlego, sem limites, o amor posto à prova, que vence obstáculos. é o amor até o fim, o amor pra toda vida. mas a vida real não é como nos filmes, felizes para sempre é algo que só existe nos contos de fada.

ser correspondido ou não depende de um fator que não controlamos: o acaso.  é uma ilusão crer que a vida é como o amor nos quer fazer crer. as pessoas não são felizes para sempre: tentam ser a cada dia. uns dias conseguem, outros não.

e-viveram-felizes-para-sempre

Anúncios

Um comentário em “felizes para sempre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s