baía de guanabara

Eproinfo /

Artigo produzido como trabalho acadêmico, apresentado à matéria de Novas Mídias.De acordo com os biólogos, o macro e diversificado ecossistema da Baía de Guanabara encontra-se em diferentes estados de degradação. Com mais de 4.000 km² de extensão, os problemas ambientais estão baseados na inadequada gestão dos esgotos sanitários e dos resíduos sólidos urbanos.

O macro e diversificado ecossistema da Baía de Guanabara encontra-se em diferentes estados de degradação. No sul, fronteira com o Atlântico, ele é menos impactado, pois suas águas são constantemente renovadas. Os grandes estaleiros com problemas crônicos de controle ambiental e outros já submetidos a históricos processos jurídicos insolventes disponibilizam uma grande bomba de poluentes no ambiente. A região norte é a que apresenta pior estado.

A qualidade da água na Baía de Guanabara é um fator estratégico para a gestão da qualidade e da saúde ambiental de toda a sua região hidrográfica. Os esgotos domésticos constituem-se no principal fator de poluição orgânica da Baía de Guanabara, devido à grande população estabelecida na sua região hidrográfica, que ultrapassa a marca de 8 milhões de habitantes.

Dentre as potenciais fontes poluidoras, encontram-se diversas tipologias industriais, terminais marítimos de produtos oleosos, dois portos comerciais, diversos estaleiros, duas refinarias de petróleo, entre outras atividades econômicas.

Embora, a ocupação de seu entorno se reporte ao início da colonização (1502), indiscutivelmente, foi a partir da década de 40, com os prenúncios do modelo industrial, que suas maiores transformações começaram a ser sentidas, principalmente no que se refere às alterações de seu perímetro, ocasionadas por uma série de aterros e despejos domésticos e industriais, com graves consequências para o seu ecossistema.

O mapa de sensibilidade indica as áreas noroeste e nordeste, as mais rasas e distantes da entrada da baía, como sendo as de maior fragilidade a alterações ambientais. Na fração noroeste a situação é agravada pela presença de canais estreitos, inexistentes na fração nordeste, caracterizando-a portanto, como a área crítica.

Aterros em baías têm seu efeito impactante quanto à qualidade das águas, e consequente qualidade ambiental. Esta dependência não se dá somente por sua extensão em área, mas também por sua localização, que afeta de maneira diferenciada, a circulação e renovação do corpo d’água em questão. Na baía de Guanabara temos como exemplo, os efeitos diferenciados produzidos pelos aterros da praia do Flamengo e Ilha do Fundão. Não se pode portanto, comparar tão somente a extensão das áreas aterradas mas também sua localização, e ainda, a natureza do fundo e das margens.

Governo do Estado promove 12 ações para reverter descaso ambiental histórico e avançar com o saneamento da Baía de Guanabara.

A meta de sanear 80% da Baía de Guanabara até 2016 faz parte dos compromissos olímpicos assumidos pelo Governo do Estado com o Comitê Olímpico Internacional (COI) para a realização das Olimpíadas do Rio.

A herança histórica de degradação ambiental da baía é imensa. Por isso, a meta de despoluição precisa ser assumida pela sociedade como um todo – em especial pelas prefeituras dos 15 municípios do entorno da Baía de Guanabara e por seus habitantes.

Não há Plano Guanabara Limpa que dê jeito se não for diminuída, por exemplo, a quantidade de lixo que é jogada diariamente não só diretamente nas águas de Baía de Guanabara, mas nos leitos dos rios e canais que terminam em suas águas.

Sem falar nos sucessivos aterros de áreas da baía, para a ocupação irregular de moradores e empresas, e o desmatamento de manguezais e de matas ciliares de rios e canais que fazem parte da bacia hidrográfica da Baía de Guanabara.

guanabara-1389302195720_956x500

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s